Como resistir à primeira olhada?!?...estratégia prática para deixar de ser crente sem-vergonha

Para mais conteúdo: Canal no Youtube / Facebook / Twitter / Instagram

Mais comum do que comilança em festa de crente são as idas e vindas dos homens à tentação do olhar para uma mulher mais exposta do que deveria. Algumas vezes essa escorregadela ocorre na pornografia, abundante na TV e na internet, outras vezes em situações do cotidiano quando nos deparamos com mulheres que exercitam, sem pudor, sua estratégia de testar os instintos mais carnais da maioria dos homens.

É uma luta sem fim essa por santidade. Senão bastasse o apelo visual que é perceptível a todos, muitos homens já sofrem com mentes férteis que durante anos alimentaram as mais excêntricas fantasias pelas sensações que esse tipo de pensamento oferece. É uma batalha. Um gigante para muitos, mesmo aqueles santificados pela Palavra. Poucos confessam, mais pior é enganar a si mesmo.

No livro de Romanos, Paulo detalha com minúcias essa luta da carne contra o espírito.

Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo. Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo. Ora, se faço o que não quero, já não sou eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim.

Romanos 7:18-20
Essa tendência por ceder à tentação nesta área acontece porque nossa mente se acostumou com o prazer momentâneo proporcionado por essas olhadelas. É uma boa dose de endorfinas e outras substâncias entorpecentes da mente que trazem satisfação e saciedade de prazer.



O prazer proporcionado ao ceder à tentação é instantâneo, na hora. Um banho de dopamina, adrenalina e serotonina. Resistir gera uma satisfação com foco no médio e longo prazo; muitas vezes essa sensação não é imediata ou até mesmo a atitude de resistência a um "instinto carnal" às vezes é encarada como um fardo, uma restrição, uma dieta. O foco no propósito nem sempre é o forte da maioria das pessoas imediatistas que fazem muitas coisas no piloto automático.

Comemorar as pequenas vitórias contra a imoralidade

Uma estratégia interessante para reforçar essa satisfação de longo prazo e ampliar a disciplina é recortar essa vitória em pequenas batalhas. Mais ou menos como fazem os AAs: só por hoje, por agora, essa vitória, Glória a Deus!!!. Aprender a comemorar essas pequenas vitórias.

Isso faz aumentar o repertório de prazer e de satisfação química (dos hormônios cerebrais) advindo dessas pequenas decisões. Outro detalhe que ajuda a potencializar a satisfação por essas decisões é o fato de confessarmos esse nosso pecado a um amigo espiritual que nos ajuda a celebrar as nossa pequenas vitórias nessas batalhas.

Esse tipo de atitude reforça o entendimento sobre o nosso propósito, sobre os valores que moldam as nossas atitudes e nos ajudam a dar musculatura espiritual para as pequenas decisões no dia a dia.

Encher-se pelo Espírito

Nada disso funciona, obviamente, se não for acompanhado do remédio principal que é o alimento da Palavra de Deus através da leitura da Bíblia. Nossa arma principal é poderosa para transformar  mentes, mesmo as mais cauterizadas, mas é preciso disciplina, comprometimento e pequenas decisões diárias.

Para isso, nada melhor do que estabelecer um compromisso para buscar esse alimento definindo um horário, um tempo para receber essa comida espiritual de forma a não ficar sujeito às circunstâncias do dia a dia que nem sempre são favoráveis.



Adotando essa prática de celebrar pequenas vitórias e de ter mais disciplina em relação ao alimento espiritual fica mais fácil resistir ao diabo e as suas tentações.

Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês.
Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês! Pecadores, limpem as mãos, e vocês, que têm a mente dividida, purifiquem o coração.

Tiago 4:7,8


/

Comente

Não deixe passar em branco

Postagem Anterior Próxima Postagem