Porque deixei de lado o mimimi sobre academia e outras polêmicas de crentes juvenis

Para mais conteúdo: Canal no Youtube / Facebook / Twitter / Instagram



Depois de uma longa ausência, volto a esse espaço com alegria. Um espaço virtual que deixei de lado por uma série de questões, mas que insistiu em subsistir por alguma razão que desconheço (graças ao Google, na verdade).

Senti a necessidade de retornar a esse ambiente hostil (acho que posso adjetivar desta forma diante dos últimos comentários rsrsrsrs) para corrigir alguns equívocos e expor minha visão de mundo e minha leitura atual para questões polêmicas, como usos e costumes, tema da postagem anterior.

Em primeiro lugar, preciso deixar claro que talvez não escrevesse hoje sobre esse tema, principalmente da forma como escrevi. Não que na verdade discorde do seu conteúdo, mas considero hoje a necessidade de expor questões mais úteis para o propósito do meu chamado em Cristo. 

Acho que discutir usos e costumes não representa o ponto mais importante da minha jornada como escritor cristão. Fez parte de um aprendizado momentâneo de contar o dia a dia cristão neste mundo cheio de velocidade e de virtualidade. Foi meio que um impulso a partir de uma demanda espontânea jornalística para repartir visões e interpretações do que outrora denominei "mundinho gospel". Considero a empreitada como correr num terreno pantanoso sem a devida necessidade.


Mais importante do que uma estéril discussão sobre o que pode e o que não se pode fazer é refletir sobre os aspectos da graça e da misericórdia de Deus que se renovam a cada bom dia. Da mesma forma, melhor do que apontar heresias dos chamados "heróis gospel" é usar a sua vida em favor dos irmãos num ministério em que o relacionamento interpessoal permita testemunhar a alegria de ser nova criatura em Cristo, evangelizando os perdidos e encorajando os irmãos. Nada contra quem gasta seu vernáculo neste tipo de iniciativa. Mas é uma opção pessoal.

Sobre a postagem anterior, preciso enfatizar alguns pontos de vista de acordo com o que entendo da Bíblia. Reconheço que todo cristão tem a liberdade de frequentar academia de ginástica, praia de veraneio e qualquer outro ambiente que considere seguro e conveniente. Se me perguntarem, direi que não me matriculo em uma academia. 

Não gosto do ambiente. Da vaidade dos que passam muito tempo admirando seus músculos no espelho. Mas isso é uma coisa minha. Não é uma regra de conduta para nenhum dos meus poucos leitores.

Gosto de refletir no livro de Romanos 14 sobre este tipo de polêmica. "Assim, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus. Portanto, deixemos de julgar uns aos outros. Em vez disso, façamos o propósito de não colocar pedra de tropeço ou obstáculo no caminho do irmão". (Rm 14:12-13)

 "Assim, seja qual for o seu modo de crer a respeito destas coisas, que isso permaneça entre você e Deus. Feliz é o homem que não se condena naquilo que aprova. Mas aquele que tem dúvida é condenado se comer, porque não come com fé; e tudo o que não provém da fé é pecado". (Rm 14:22-23)

Em suma, deixemos de perder tempo com discussão sobre comida, bebida ou ginástica. Como cooperadores de Cristo, precisamos renovar o nosso visto como Embaixadores dEle para fazer aquilo que é o propósito do nosso chamado.

Para finalizar, uma reflexão do Livro aos Efésios: 

"Por isso é que foi dito: "Desperta, ó tu que dormes, levanta-te dentre os mortos e Cristo resplandecerá sobre ti". Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; que não seja como insensatos, mas como sábios, aproveitando ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus. Portanto, não sejam insensatos, mas procurem compreender qual é a vontade do Senhor. Não se embriaguem com vinho, que leva à libertinagem, mas deixem-se encher pelo Espírito", (Ef 5:14-18)


9 Comentários

Não deixe passar em branco

  1. Amém brother! Foco e fé!
    Quanto ao último post (eu não acompanhava mas por curiosidade acabei de ler) ele está adequado a uma maneira cristã de se pensar. Que o Espirito nos guie a toda verdade, e que as escamas caíam em nome de Jesus!
    Que Deus seja seu descanso!
    Paz guerreiro.

    ResponderExcluir
  2. A MINHA ALMA NÃO SE ALEGRA NO QUE PÕE A DESTRA NO ARADO E NÃO CONTINUA.

    ResponderExcluir
  3. Amém irmão. Graças a Deus vc deu uma revisada sobre o texto anterior, pois eu já estava preparado pra "destruir" tamanho preconceito e, com todo respeito, imaturidade. Mas parece que o irmão ficou um tempo sumido, e nesse intervalo, algo aconteceu que trouxe despertamento ao senhor. Isso acontece com todo mundo em vários momentos da vida, pois não somos perfeitos.

    ResponderExcluir
  4. Eu também acho que nós devemos estar debaixo da vontade permissiva de Deus...pois só ele sabe o que te convém fazer,mesmo que ele nos deu o livre árbitro pois nem tudo que convém que fazemos seja bom aos olhos de Deus.

    ResponderExcluir
  5. Gostei mais do comentário anterior,
    Não sei por que voce sr afrouxor.
    Mas uma coisa e te digo não retrate o que pelo o Espírito tu tens falado.
    Não seja covarde.
    Seja fiel mesmo diante da morte.
    Deus é quem sustenta o homem fiel a ELE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eudilene obrigado pelo comentário!!!!! O tempo vai nos aperfeiçoando na graça e no respeito às opiniões contrárias. Feliz o homem que não se condena naquilo que aprova!!!! Deus abençoe a todos nós!!!!!

      Excluir
  6. Gostei das duas publicações e acredito que há uma falta de respeito muito maior nos leitores, do que no escritor. Mediante a tudo isso, agradeço ao amado irmão pelas duas publicações sobre o tema. Para mim tem servido de ajuda.

    ResponderExcluir
  7. Particularmente estava frequentando academia mas comecei a não mim sentir bem espiritualmente senti minha vida espiritual se acabando pouco a pouco queria ficar com o corpo lindo mas algo mim encomodava quando eu encontra as irmãs que oram na igreja na parte da manhã. Senti Deus fala ao meu coração enquanto vc busca as coisas desse mundo elas estão buscando as de cima. ..tive que parar de ir academia mas não deixo de fazer meus exercício e caminhar e uma boa alimentação.mas cada um tem o seu particular com Deus.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não deixe passar em branco

Postagem Anterior Próxima Postagem