Crente pode usar cropped?!? Fala sério, varão!

Crente pode usar cropped


Será que o crente pode usar cropped, aquelas miniblusas que não cobrem toda a barriga? Essa é uma questão que deveria beirar o ridículo, mas ganhou espaço com os maus exemplos do meio gospel.

Como podemos constatar: Seria ridículo se não fosse trágico.
O cantor Juninho Black, ex-Preto no Branco, foi um dos que apareceram com essa presepada nas redes sociais.

Durante muito tempo, a questão das vestes ficou muito centrada nas mulheres, com um grande número de referências bíblicas para chicotear aquelas que ousavam usar roupas consideradas inadequadas para as cristãs. 

Mas os homens, na onda da feminilização do masculino, também passaram a experimentar visuais mais ousados nos últimos tempos.

O cantor Juninho Black foi nessa onda e levou uma saraivada de críticas.

O pastor Anderson Silva foi um dos que "desceram a lenha" no cantor.

Parece que o modismo continua fazendo sangrar o mundo gospel musical brasileiro.

O que esses "artistas" não entendem é poder de influência que têm sobre jovens ainda em formação na sua personalidade. Já são tantas más influências na mídia secular. Não precisa o gospel lançar minhoca na cabeça dos adolescentes. Se o artista gospel quer "causar", que busque se lançar sobre causas mais nobres como, quem sabe, ajudar as pessoas em dificuldades financeiras. Enfim fica o alerta como um versículo necessário: ¹ Jesus disse aos seus discípulos: "É inevitável que aconteçam coisas que levem o povo a tropeçar, mas ai da pessoa por meio de quem elas acontecem. ² Seria melhor que ela fosse lançada no mar com uma pedra de moinho amarrada no pescoço, do que levar um desses pequeninos a pecar. Lucas 17:1,2



Comente

Não deixe passar em branco

Postagem Anterior Próxima Postagem